5 de fevereiro de 2008

>> scent of a woman

no início do ano, entrou em vigor a tão debatida lei do tabaco. um mês volvido, a grande maioria das pessoas diz que é um alívio poder estar num restaurante sem inalar o fumo alheio, e que é maravilhoso poder chegar a casa depois de uma noitada e não ter a roupa a cheirar a tabaco.

sim senhor, concordo e isto é tudo muito bonito. no entanto, tenho algo a apontar.

esta nova lei tem despertado o jean-baptiste grenouille que há em mim. para quem não viu o filme 'perfume', este é apenas um nome francês amaricado. para quem viu o filme, sabe que o monsieur grenouille possuia um olfacto mais apurado que o comum dos mortais... e um nome amaricado também.

mariquices aparte, a verdade é que na ausência de fumo em espaços nocturnos, surge uma nova panóplia de odores que se destacam no meio da multidão. onde outrora não se distinguia uma suave fragância de uma fedorenta bufa, agora é possível fazer essa distinção.

a lei é boa, na medida em que me apercebo que aquela jovem roliça a dançar ao meu lado usa um perfume mais activo que vinagre, ou que aquele moçoilo a pedir uma bebida ao balcão devia ter lavado melhor a sovaquência. a lei é má, na medida em que dou por mim a torcer o nariz com mais frequência que a amy winehouse... por razões diferentes, claro está.

o mais preocupante, é que para além desta nova lei revelar o meu lado jean-baptiste grenouille, desperta também a carolina salgado que há em mim. dou por mim com vontade de acender um cigarro só para disfarçar os odores largados pelos joões nunos pintos da costa que há por aí... e para salvaguardar a saúde das minhas fossas nasais.

9 comentários:

Darcy disse...

Lá porque cheiras mal...

misskitsch disse...

Nunca tinha pensado nisso por esse prisma, mas bem, muito bem visto.
Mas na verdade, benvindo (bem-vindo... já não sei qual se usa!) à minha vida... com 1,62m passo a vida a vaguear no cheiro de essência de cebola dos outros.

um mimo!

Dezperado disse...

muita bom relato... loooooool

Penim tu és o maior looool

Lux Lisbon disse...

o teu lado jean baptiste grenouille!?não o quero conhecer! ui...ainda bem que não sou ruiva e não cheiro a alperces!lol

Paula disse...

Bem, passamos a conhecer o lado "acebolado" de muita gente (blharrgggg) mas passamos também a conhecer o lado perfumado de muita outra gente.
Nem toda a gente cheira mal, pá!
Bjs!

Leididi disse...

E não privaste tu com o "defesa do Barreirense"!

Hydrargirum disse...

Que gargalhada este teu post!!!!:)

Já me eu me tinha interrogado para as essências, cebola, naftalina e capim da populaça em demanda!!!

LOL

"apenas um nome francês amaricado"....LINDO!:)

Abraço canito!:)

Lady Oh my God! disse...

iiiiaaaaac!

Leila* disse...

Este Carnaval estive em sitios (pouco tempo diga-se de passagem), onde apesar de haver muito fumo de tabaco e não se respeitar em nada a lei, conseguia sentir na mesma o cheiro a bufas fedorentas, e a sovaquência terrivel! Pior do que o metro em hora de ponta! brrrr até me arrepio só de pensar! É que ao cheiro do tabaco já eu estava habituada!!

Beijos »nim