3 de agosto de 2008

>> too young

há cerca de uma hora atrás vi uma estrela cadente. a maior que já alguma vez vi. parei o carro e segui com o olhar a cauda luminosa que se ia dissolvendo em segundos. dei por mim a pedir um desejo, como fazia em pequeno.

lembro-me perfeitamente de uma noite de verão, há muitos anos atrás, em que vi uma estrela cadente e comentei com o meu irmão. 'pede um desejo' disse ele. não fazia ideia que se podiam pedir desejos às estrelas, e recordo-me que até achei o conceito um bocado parvo... mas fechei os olhos e desejei com muita força.

esse desejo nunca se realizou. assim como muitos outros que se seguiram.

passaram-se anos e nunca mais pensei nisso. nem mesmo ao engolir as passas na noite de passagem de ano.

a verdade é que hoje voltei a fazê-lo. não fechei os olhos, mas desejei muito. será que foi com a força suficiente?


junior boys - 'in the morning'

4 comentários:

Lady Oh my God! disse...

oh que lindo! voltasTES!

Maga disse...

welcome! és um lirico...
e conseguias lembrar-te do que tinhas desejado? eu não...

Anónimo disse...

Tas mesmo a precisar de ferias!

miss gija disse...

foi com força foi...a alma não é pequena. eu adoro estrelas, mas só percebo isso quando olho para elas, tatuei umas e mesmo assim acabo por me esquecer toda a leveza que me transmitem quando as observo.